TEXTO: Perante o Natal – Herculano Pires

https://instagram.fsjk1-1.fna.fbcdn.net/t51.2885-15/e0/25015647_319992715184480_1589624725473067008_n.jpg

[…] A criança que nasceu em Belém, na noite tradicionalmente fixada como a do Natal, é o mais elevado espírito que já passou pela Terra, no cumprimento da mais pura e mais alta de todas as missões. Criatura divina, porque superava, em sua elevação espiritual, a condição humana, mas jamais o próprio Deus. Nem mesmo os descrentes podem negar isso, quando examinam a mensagem superior que Jesus nos trouxe, o exemplo que nos deu e as consequências da sua passagem entre nós. Ninguém jamais produziu tamanha transformação no mundo, continuando a operar no coração do homens, no sentido de uma revolução cada vez mais profunda.

Os cristãos escolheram uma data mitológica para a fixação do Natal. Era a data nacional do “advento messiânico nas civilizações antigas”. Não importa que essa data não seja historicamente exata. Ela se mostra impregnada, tradicionalmente, de vibrações de adoração e de respeito. O Espiritismo procura libertar o pensamento religioso da herança mitológica, mas não pretende modificar as datas tradicionais. Por isso, os espíritas se unem a todos os cristãos, na comemoração do Natal. Mas devem procurar, como ensinou Kardec, em vez de exaltar o aspecto mitológico da tradição, aprofundar o SIGNIFICADO DA MENSAGEM EVANGÉLICA.

Anúncios

VIDEO: Programa Mutirão – Direitos humanos e preconceito (25/11/2017)

O programa Mutirão aborda como a Doutrina Espírita se posiciona diante de temas ligados aos Direitos Humanos. Apresentação de Franklin Felix e Thiago Rosa. TODO SÁBADO AS 09:30h

 

Filme mencionado:
https://pt.wikipedia.org/wiki/The_Help_(filme)

Assista e ouça outros edições: https://espiritismodeponta.wordpress.com/assista-programa-mutirao-espiritismo-e-direitos-humanos/